d1

Visita ao Museu Grão Vasco

No passado 6 de Março fomos finalmente ao Museu Grão Vasco. É daquelas visitas que já queríamos fazer há muito tempo, por isso aproveitamos o sol e rumamos a Viseu.

Já sem o vento do dia anterior, pudemos almoçar no Parque do Fontelo, sem pressas e com a certeza de um dia que seria bem passado.

Se as obras de arte que lá estão expostas são intemporais, também não tem idade a vontade de aprender, de conhecer mais. E foi isso que aconteceu nesse dia. Guardamos na memória as magníficas pinturas de Grão Vasco, dos seus colaboradores e contemporâneos. Experimentamos caminhar de uma ponta da sala para a outra quando encontramos a pintura do São Pedro. É verdade que o seu olhar nos segue sempre. Sorrimos. Nem sempre foi assim, nem sempre se dominaram estas técnicas. Por isso, e por muito mais, a obra de Grão Vasco representa o verdadeiro estilo renascentista.

Descobrimos aqueles que foram considerados tesouros nacionais, ali tão perto. Ali, tão belos.

Com toda a simpatia, fomos acolhidos e guiados, e antes da hora da visita pudemos aproveitar cada raio de sol nos claustros do Museu!

E tão bom que vai ser um dia voltar.

Até lá!